Como acertar o tom da base

Com a ampla gama de tonalidades de corretivo, base, pós, blushes entre outros cosméticos disponíveis no mercado, pode ficar cada vez mais difícil saber o que usar em cada pessoa, cada tom de pele e etc.

Um bom maquiador profissional precisa não apenas entender sobre pele, mas sim ser um mestre no assunto para que possa reconhecer, respeitar e valorizar cada cliente em sua individualidade.

O primeiro passo para acertar na hora da escolha da base é reconhecer o fototipo de pele da cliente, para a partir daí ir para o subtom, altura de tom, e etc. A classificação mais conhecida e amplamente utilizada no mundo é a Escala de Fitzpatrick, que classifica os tons de pele por quantidade de melanina. Esta tabela é muito utilizada também na dermatologia, estética e pode ser de grande ajuda para o maquiador iniciar o diagnóstico do tom de pele.

É importante lembrar que além do fototipo, é importante levar em consideração o subtom da pele para que consiga realizar uma preparação de pele perfeita sem nenhuma distorção cromática em fotos, vídeos e etc.

Conseguiu entender a tabela e como entender sobre os fototipos de pele é importante? Já tinha ouvido falar sobre a Escala de Fitzpatrick? Deixa aqui nos comentários.

Até mais!

© 2020 RAPHAEL OLIVER  Beauty, All Rights Reserved. |  São Paulo, Brazil.